Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Programa um computador
por estudante do Ensino Superior

18

“A inclusão é a chave para garantir que mais moçambicanos tenham acesso à educação superior de qualidade”, diz Edson Macuácua, Vice-Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

O referido pronunciamento ocorreu durante a recente visita de trabalho do Vice-Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Edson Macuácua, ao Instituto de Bolsas de Estudo, Instituto público (IBE, I.P), na Cidade de Maputo.

Na ocasião, o dirigente ministerial enfatizou que, na busca pela contínua promoção e consolidação de um sistema educacional de qualidade, equitativo e patriótico, a inclusão constitui o factor fundamental para alcançar o referido desiderato.

Nesse contexto, o Vice-Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Edson Macuácua, instou ao IBE,I.P à aprimorar de maneira inovadora e criativa os mecanismos de divulgação das diversas oportunidades de bolsas de estudo, tanto às internas, para o país, quanto às externas, para o estrangeiro.

“O Instituto de Bolsas de Estudo deve adoptar uma abordagem mais abrangente na divulgação das oportunidades de bolsas de estudo pelo país, que consiga chegar, em tempo útil, às províncias, aos distritos, aos postos administrativos, às localidades e povoações, por forma que o processo de divulgação e atribuição de bolsas de estudo constitua um verdadeiro factor de unidade nacional”, desafiou Macuácua.

Outrossim, de acordo com o Vice-Ministro Edson Macuacua, ao estimular-se a divulgação das oportunidades de bolsas de estudo em âmbito nacional, será possível atrair mais talentos de todas as partes do país. O acesso à educação superior nunca deverá estar  limitado por factores como  barreiras geográficas, socioeconómicas, linguísticas, entre outras e, a promoção da inclusão é a chave para desbloquear o potencial de cada moçambicano.

 “A educação superior desempenha um papel crucial no desenvolvimento de uma nação, capacitando os cidadãos a se tornarem agentes de mudança, líderes e inovadores. A educação superior constitui uma das fontes mais sólidas de formação do capital humano e social nacional, detentor de competências técnico-científicas e habilidades sociais para contribuir para o crescimento e desenvolvimento socioecnómico nacional”, afirmou Edson Macuácua, Vice-Ministro da CTES.

No decurso da aludida visita de trabalho ao IBE,I.P, o Vice-Ministro interagiu com várias áreas da instituição, como sejam a Direcção Geral, a Repartição da Administração Interna e os Departamentos de Bolsas de Estudo, Administração e Finanças, Cooperação e Planificação, tendo deixando como mensagem central, a necessidade do IBE,I.P envidar todos os esforços ao seu alcance para cumprir, satisfatoriamente, os compromissos assumidos no âmbito do Programa Quinquenal do Governo 2020-2024. 

.