Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Programa um computador
por estudante do Ensino Superior

18

Através de adopção de boas práticas de gestão de recursos humanos: Governo procura elevar o desempenho das universidades

O Vice-Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Edson Macuácua, revelou que o governo tem vindo a implementar um amplo processo de reformas institucionais, visando elevar o desempenho das universidades, através de boas práticas de gestão de Funcionários e Agentes do Estado.


O dirigente falava esta Segunda-feira, no Campus Principal, durante a cerimónia de abertura do I Fórum de Gestores de Recursos Humanos das Instituições Públicas de Ensino Superior, evento de dois dias, organizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, em colaboração com a Universidade Eduardo Mondlane. 


Explicou que, estas instituições de ensino devem fazer o devido acompanhamento e a necessária inserção nessa dinâmica de reformas e modernização, atendendo às suas próprias especificidades. 


“Orientamos que, doravante, se institucionalize este Fórum, podendo ter lugar duas edições ao ano, uma em cada um dos semestres e que constitua numa plataforma rotativa entre instituições, respeitando-se o equilíbrio regional, no cerne do qual se promova a discussão, o diálogo e, a busca de soluções e consensos em torno das melhores práticas de gestão dos recursos humanos”, disse. Orientou, igualmente, que, à par da rotactividade entre Instituições Públicas do Ensino Superior no acolhimento das diferentes edições deste fórum, se verifique, também, a necessária alternância entre diferentes Classes de instituições, de modo que esta plataforma se torne de facto, válida, abrangente, inclusiva e mais democrática.


“De igual modo, é nosso desejo que esta plataforma contribua, de forma participativa, inclusiva, proactiva e ainda dentro do presente ciclo de governação, para a conclusão e implementação consensual da Estratégia de Financiamento do Ensino Superior (EFES)”, acrescentou. 

Por seu turno, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Manuel Guilherme Júnior, afirmou que o trabalho conjunto e a partilha de várias experiências na gestão de recursos financeiros e humanos, contribuem para o alcance de soluções inovadoras que as reformas em curso na Administração Pública esperam das academias, tendo em conta as suas particularidades, mormente quando se trata do tema da aposentação, gestão das carreiras docente e de investigação científica. 
“Queria lembrar-vos apenas que vocês gerem o principal recurso que as instituições têm: as pessoas, por isso, como diz Paul Hawken, “boa gestão é a arte de tornar os problemas tão interessantes e as suas soluções tão construtivas que todos vão querer trabalhar e lidar com eles” e que tempos difíceis não duram para sempre”.


Acrescentou que, os gestores de Recursos Humanos e Financeiros presentes no Fórum, com o necessário auxílio do sector jurídico, continuarão criativos e actuantes, com acções atinentes ao desenvolvimento, estabilização, formação contínua e retenção dos melhores funcionários, procurando assegurar o bem-estar e melhoria das condições profissionais dos funcionários. 


O Primeiro Fórum de Gestores dos Recursos Humanos das Instituições Públicas de Ensino Superior que decorre sob o lema: “Gestores dos Recursos Humanos ao Serviço dos Funcionários e Agentes do Estado nas Instituições Públicas de Ensino Superior, serviu igualmente para discutir sobre a implementação da Tabela Salarial Única e os desafios de aposentação dos funcionários.

Fonte: www.uem.mz