MCTES Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

18

Bolseiro do ETP partem para prosseguir estudos na república de Portugal

Um total de 22 estudantes bolseiros moçambicanos   admitidos ao programa de bolsas de estudos do Ensino Técnico Profissional partiram recentemente para prosseguir os estudos em Leiria, na república de Portugal.

Trata-se de uma acção que resulta da implementação do memorando de entendimento celebrado em Julho de 2021, entre o Instituto de Bolsas de Estudos (IBE) e a Agência de Desenvolvimento Integrado do Norte (ADIN); um acordo cuja finalidade é o estabelecimento de condições para a promoção de maior formação de capital humano moçambicano, através do acesso à bolsa de estudos.

Segundo a Directora Geral do IBE, Carla Caomba, os jovens vão se juntar ao que já se encontram a beneficiar-se de formação na área do Ensino Técnico Profissional, perfazendo um total de 39   do grupo dos 50 do ensino técnico que estarão em Leiria.

Na sua intervenção, a Directora do IBE pelou para a necessidade de honrarem a oportunidade, aplicando-se ao máximo aos estudos, promovendo um intercâmbio social e cultural salutar com todos quanto conviverão em Portugal.

Aliás, o Ensino Técnico Profissional é fundamental para a formação de técnicos altamente qualificados com competências e habilidades demandadas pelo sector produtivo nacional e estrangeiro.

“Acreditamos que os jovens que hoje partem à República Portuguesa e tantos outros que se seguirão, uma vez formados, contribuirão para a promoção do crescimento e desenvolvimento socioeconómico do nosso país, condição base para a criação do bem-estar social” salientou Carla Caomba.

Ademais, o fortalecimento e crescimento deste movimento e, criação de novas oportunidades de concessão de bolsas de estudos e formação para outros jovens e concidadãos, estará, em parte, dependente da avaliação que será feita do desempenho dos pioneiros desta iniciativa, dai que recai uma grande responsabilidade.

No âmbito das suas atribuições, o IBE é uma instituição pública de âmbito nacional, responsável pela gestão estratégica e integrada de bolsas de estudos. Assim, o IBE tem o mandato de promover a acesso à formação académica de um número crescente de cidadãos moçambicanos, no país e no exterior, através da concessão de bolsas de estudos.