MCTES Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

18

GABRIEL SALIMO DEFENDE USO DE TECNOLOGIAS NO ENSINO

“A tecnologia é um aliado do ensino e aprendizagem”, defende Gabriel Salimo, na abertura da primeira feira e conferência internacional digital de educação, organizada pela Comunidade Académica de Educação. Intervindo de forma virtual, o ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Gabriel Salimo referiu que a conferência é já uma marca de […]

“A tecnologia é um aliado do ensino e aprendizagem”, defende Gabriel Salimo, na abertura da primeira feira e conferência internacional digital de educação, organizada pela Comunidade Académica de Educação.

Intervindo de forma virtual, o ministro da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Gabriel Salimo referiu que a conferência é já uma marca de nível nacional e internacional.

No presente ano, a iniciativa conta com a participação de dez países e 30 participantes interagindo de forma virtual tendo em conta as restrições impostas pela pandemia do coronavírus que está a assolar o mundo.

Gabriel Salimo disse que os avanços tecnológicos devem ser vistos como aliados de qualquer processo de ensino.

Deste modo, o lema educação digitalizada, tecnologia educacional e conexão para o mundo, desafios e perspectivas do sistema nacional de educação, é um pretexto para reflectir sobre a importância da tecnologia educacional.

Para o responsável do pelouro da ciência e tecnologia, ensino superior e técnico profissional, excluir a tecnologia no método de ensino e aprendizagem não é mais uma opção, é fundamental olhar a tecnologia educacional como uma ferramenta aliada ao sucesso do ensino.

Assim, debater os desafios e perspectivas do sistema nacional de educação, no contexto em que o mundo actualmente se encontra, bem como o nosso país, é muito importante e oportuno.

Igualmente, informou que o ministério se associa a iniciativa da Comunidade para o desenvolvimento da comunidade (CADE) com vista a manter este tipo de eventos que ajudam a desenvolver o país através de debates construtivos.

Recordar que a CADE se associa aos esforços do Governo no sector da educação, na implementação das políticas e actividades que visam a melhoria da qualidade da educação e do ensino e aprendizagem, bem como impulsionar o desenvolvimento socioeconómico de Moçambique.

A feira e conferência educa Moçambique que vai decorrer de 26 de outubro a 01 de novembro no formado hibrido, será um oportunidade única de interagir com diversos actores nacionais e internacionais ligados à educação, investigação e edificar projectos de grande interesse.