MCTES Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

18

MCTES assinala Dia Mundial da água em Moamba

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) através do Instituto de Investigação em Águas (IIA), realizou, ontem, na escola secundária da Moamba, no distrito de Moamba, na província de Maputo, um seminário com o propósito de partilhar os resultados de estudos realizados sobre a água.

Sob o lema “águas subterrâneas: tornando o invisível, visível”, o encontro tinha como objectivo a reflexão, análise, consciencialização e elaboração de medidas práticas para a solução de problemas que assolam as comunidades.

Na abertura do seminário, o representante do Instituto de Investigação em Águas (IIA), Sérgio Machava disse, na ocasião, que foi escolhido o distrito da Moamba para apresentar os resultados de pesquisa realizados no bairro de Tenga.

Sérgio Machava frisou na sua intervenção que a população moçambicana consome água subterrânea de várias formas nomeadamente a água de furos, poços entre outras que garantem o precioso líquido.

Deste modo, o seminário realizado no distrito de Moamba visava partilhar com alunos daquela instituição os estudos realizados e consciencializar sobre os cuidados a ter em conta para a preservação e métodos de purificação com vista ao consumo humano.

Para a Administradora do distrito da Moamba, Teresa Helena Boaventura Mauaie, o seminário constitui uma oportunidade para que os alunos do ensino secundário tenham conhecimentos sobre a água subterrânea.

Na sua intervenção a administradora referiu que este é um recurso precioso e deve ser usado com racionalidade, uma vez que o distrito tem regiões semiáridas em que ter acesso a continua a ser um desafio.

“Neste momento, há necessidade de melhorar o sistema de acesso a água no distrito de Moamba e o estado está a investir para melhorar o acesso água pelas comunidades locais”, vincou a dirigente.

No entanto, ressaltou que prover água para as populações é uma das prioridades do governo no quadro da agenda 2020 – 2030.

Participaram do evento mais de 70 alunos do segundo ciclo do ensino secundário geral daquela instituição de ensino, para além de professores e membros do governo do distrito.

Recordar que o Instituto de Investigação em Águas, celebra anualmente a 22 de Março. A data foi instituída pelas Nações Unidas no ano de 1993, para comemorar e realizar actividades de reflexão sobre o significado da água para vida na terra.

O instituto é uma instituição tutelada pelo ministro que superintende a área de ciência, tecnologia e ensino superior e tem competências de realizar investigação cientifica em águas; orientar a materialização de agenda nacional de investigação em água consentânea com os objectivos de desenvolvimento do país; fornecer subsídios com base na investigação cientifica que permitam ao governo a orientação do investimento na área de águas, incluindo a divulgação do conhecimento técnico cientifico; coordenar a articulação entre os institutos de investigação, universidades, agencias de financiamento, agencias implementadoras e parceiros na definição de prioridades e alocação de recursos para investigação em águas.