Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Programa um computador
por estudante do Ensino Superior

18

Ministro Nivagara desafia a Delegação Distrital do CITT de Manica à maximizar a sua intervenção nas comunidades locais

Ministro Nivagara desafia a Delegação Distrital do CITT de Manica à maximizar a sua intervenção nas comunidades locais

O apelo foi feito pelo titular da pasta de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara, aquando da sua recente visita à delegação distrital do Centro de Investigação e Transferência de Tecnologias para o Desenvolvimento Comunitário (CITT) de Manica, na localidade de Bandula, no posto administrativo de Messica, no contexto da sua missão de serviço àquela província central do país.

O ponto central da referida visita às instalações da delegação distrital do CITT de Manica foi marcada pelo cerimonial de entrega, pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, de “camas da tecnologia de vermicompostagem”, uma tecnologia agrícola de adubação orgânica, aos produtores do Vale do Zambeze.

Importa enfatizar, que no âmbito do Projecto de Inovação e Transferência de Tecnologias da Agência do Vale do Zambeze, a delegação distrital do CITT de Manica foi incumbida a tarefa de fabricar 100 “camas da tecnologia de vermicompostagem”, com capacidade para produzir uma tonelada de vermicomposto trimestralmente, à serem distribuídas por 20 produtores. Cada produtor está contemplado à receber 5 “camas da tecnologia de vermicompostagem”, devendo criar capacidade para cinco produtores circunvizinhos adicionais, totalizando 120 famílias com cerca de 600 beneficiários.

No contexto da iniciativa supracitada, as 100 “camas da tecnologia de vermicompostagem” serão distribuidas em 13 distritos, nomeadamente, distritos de  Moatize e Changara, na província de Tete; distritos de Guro, Báruè, Chimoio e Macate, na província de Manica; distritos de Nhamatanda, Gorongosa, Caia e Búzi, na província de Sofala; e distrito de Gurué, Nicoadala e Mocuba, na província da Zambézia.

No cerimonial da aludida recepção das “camas da tecnologia de vermicompostagem” coube ao produtor do distrito de Guro, Ernesto Tongadaza Djambo, representar os 10 produtores que se encontram em processo de formação na delegação distrital do CITT de Manica, designadamente, dos distritos de Guro, Báruè, Chimoio e Macate, sendo que os restantes produtores das provincias de Tete e Manica já se beneficiaram da recepção da tecnologia agrícola de adubação orgânica em questão.

Com a entrega das referidas “camas da tecnologia de vermicompostagem”  ao produtor de Guro, soma um total 40 já entregues aos produtores das províncias de Tete e Manica, encontrando-se em falta por entregar 60 “camas da tecnologia de vermicompostagem” aos produtores dos distritos das províncias da Zambézia e Sofala. 

Ainda no âmbito das suas actividades de treinamento e transferência de tecnologias, encontram-se actualmente em formação na delegação distrital do CITT de Manica no tocante à tecnologia de vermicompostagem 18 estudantes, num cumulativo proveniente do Instituto Agrário de Chimoio (IAC) e da Universidade Zambeze (UNIZAMBEZE), ambos da província de Manica; do Instituto Médio Agrário de Estaquinha, da província de Sofala;  e da African University, da República do Zimbábwè.

Num outro momento da sua visita às instalações da delegação distrital do CITT de Manica, o dirigente ministerial apreciou o processo em curso de montagem de uma unidade de farinação, no caso vertente, de uma unidade de processamento de farinha de milho.

Recorde-se, que no âmbito de transferência de tecnologias aos produtores, a  delegação distrital do CITT de Manica  identificou um parceiro, a empresa privada “Black Gold Traiding”,  de capitais moçambicanos, com actividades no distrito de Alto-Molócuè, na província da Zambézia, interessado em fomentar a produção de milho e o respectivo processamento nas províncias de Manica e Zambézia para alimentar a industria de produção de cervejas.  

No contexto da aludida parceria, a delegação distrital do CITT de Manica deverá assegurar o treinamento e a assistência técnica à cerca de 2000 produtores da província de Manica, os mesmos que já haviam beneficiado de treinamentos  promovido pelo extinto Projecto de Investigação e Transferência de Tecnologias para o aumento da produção e produtividade de milho e trigo no pólo  de Manica.

Ainda no cerne da parceria supracitada, a empresa “Black Gold Traiding” deverá assegurar o financiamento dos insumos e aquisição do milho produzido pelos produtores treinados pela delegação distrital do CITT de Manica. A mesma entidade empresarial deverá, igualmente, montar a unidade de farinação do milho que será complementar às unidades de processamento de semente e de grão já existentes na delegação distrital do CITT de Manica.

O CITT é uma instituição pública criada pelo Conselho de Ministros pelo Decreto no. 36/2010, de 1 de Setembro, vocacionada à investigação, transferência de tecnologias e inovações para as comunidades. Esta é uma instituição de âmbito nacional dotada de personalidade jurídica e autonomia administrativa e, é tutelada pelo Ministro que superintende a área de Ciência e Tecnologia.

O CITT possui, actualmente, 6 delegações distritais, designadamente, a delegação distrital de Manjacaze, na província de Gaza; a delegação distrital de Caia, na província de Sofala; as delegações distritais de Manica e Báruè, na província de Manica; a delegação distrital de Angónia, na província de Tete; e a delegação distrital de Angoche, na província de Nampula.