MCTES Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

18

Ministro Nivagara inaugura Universidade Técnica Diogo Eugénio Guilande (UTDEG)

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara, inaugurou recentemente, na província de Maputo, a Universidade Técnica Diogo Eugénio Guilande (UTDEG), uma Instituição que ministra quatro 4 cursos já acreditados por parte do Conselho Nacional de Avaliação de Qualidade do Ensino Superior (CNAQ), nomeadamente: contabilidade e Auditoria, Direito, Gestão de Empresas e Informática. […]

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara, inaugurou recentemente, na província de Maputo, a Universidade Técnica Diogo Eugénio Guilande (UTDEG), uma Instituição que ministra quatro 4 cursos já acreditados por parte do Conselho Nacional de Avaliação de Qualidade do Ensino Superior (CNAQ), nomeadamente: contabilidade e Auditoria, Direito, Gestão de Empresas e Informática.

Discursando durante o evento, o dirigente destacou a necessidade de as Instituições de Ensino Superior (IES) se conformarem com a legislação de ensino superior em vigor no país.

Segundo Daniel Nivagara, a educação é das actividades mais nobres de uma sociedade e ela é de interesse, eminentemente, público, independentemente dos agentes que a promovam, se de direito público ou privado, pelo que  as actividades desenvolvidas pela UTDEG, bem como pelas demais IES públicas e privadas, devem contribuir para o cumprimento satisfatório dos Compromissos do Governo de formar Capital Humano e Social de elevada qualidade, que atenda às necessidades da Administração Pública nacional, do sector produtivo e da sociedade em geral e, que sejam quadros competitivos além-fronteiras, verdadeiros embaixadores do saber e potencial técnico-científico moçambicanos.

Na sua intervenção, o ministro referiu que o “slogan” “Ciência, Arte e Desenvolvimento”, da instituição de ensino superior inaugurada, deverá jogar um papel motivacional para o alcance do nobre desiderato de formação de Capital Humano e Social de elevada qualidade.

Ademais, a instituição deve perseguir as boas práticas e padrões internacionais de desenvolvimento do ensino superior, para que os seus graduados e todo o produto de sua actividade formativa, científica e de investigação sirvam aos reais anseios da sociedade, da região e do mundo.

No entanto, orientou a universidade a constituir rapidamente o Conselho Universitário para que a UTDEG se conforme com a legislação e boas práticas de gestão colegial de uma IES de Classe “A”.

“Um dos maiores desafios contemporâneos das IES e logicamente também da UTDEG, é aliar a boa formação técnico-científica de capital humano, à formação de cidadãos patriotas, defensores e promotores da paz e da unidade nacional, resilientes perante as adversidades e detentores de cultura de trabalho em prol do desenvolvimento”, salientou.

Com a missão de produzir e socializar o saber científico e tecnológico, contribuindo para a formação do ser humano para o exercício profissional, na perspectiva da construção de uma sociedade democrática e igualitária, a UTDEG foi criada pelo Decreto numero 42/2016, de 10 de Outubro e tem o registo do Alvará número 133/UNI-ES/UTDEG/MCTESTP/2020, de 27 de Outubro. Como infra-estruturas, a UTDEG funciona nas antigas instalações da TIAUTO, cujo edifício foi requalificado, de modo a albergar espaços para actividades académicas e administrativas num bloco único. Entretanto, pretende-se ampliar o Campus Universitário, onde se prevê incluir espaços para actividades desportivas e recreativas, Salas de Estudo, espaços de lazer e Faculdades.