MCTES Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

25

Moçambique – Candidatura a Membro Não-Permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas

A candidatura de Moçambique traduz o sentido de responsabilidade no plano internacional e o compromisso do nosso país com a paz e a segurança no mundo, emanados da sua Constituição, da sua Política Externa e da sua adesão aos princípios e objectivos da Carta das Nações Unidas. Norteiam a nossa candidatura os seguintes objectivos:

Contribuir para a manutenção da paz e segurança internacionais, condição indispensável para o desenvolvimento sustentável assim como para a protecção dos direitos humanos.

Reafirmar a importância do multilateralismo, da acção colectiva, da cooperação internacional, e da busca de soluções pacíficas e inclusivas, baseadas na construção de consensos, como formas primordiais para o alcance e manutenção da paz e segurança internacionais.

Promover e defender os interesses nacionais e do Continente Africano no Conselho de Segurança.

Prioridades

Defender a importância da manutenção da paz e segurança internacionais, intensificando a cooperação multilateral com vista ao reforço da prevenção e resolução pacífica de conflitos e combate às ameaças de segurança, incluindo a pirataria marítima, tráfico de drogas e de seres humanos, em consonância com as prioridades da União Africana;

Contribuir para o combate às mudanças climáticas e protecção da biodiversidade;

Promover a assistência humanitária e a Equidade de Género;

Advogar pelo uso de tecnologia para o desenvolvimento sustentável; e

Continuar a apoiar o diálogo sobre a Reforma do Conselho de Segurança com vista a equilibrar o processo de tomada de decisão em questões de paz e segurança internacionais.

Ver mais: https://mzcsnu.gov.mz/