MCTES Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

25

Moçambique reafirma o comprometimento na implementação da Agenda da OIC

O Governo de Moçambique reafirma o seu comprometimento em continuar a implementar a Agenda de Ciência, Tecnologia e Inovação 2026 da Organização para Cooperação Islâmica (OCI), visão que está alinhada às prioridades do Governo através das políticas e planos sectoriais. A intenção foi manifestada pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara, que representava […]

O Governo de Moçambique reafirma o seu comprometimento em continuar a implementar a Agenda de Ciência, Tecnologia e Inovação 2026 da Organização para Cooperação Islâmica (OCI), visão que está alinhada às prioridades do Governo através das políticas e planos sectoriais.

A intenção foi manifestada pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Daniel Nivagara, que representava Sua Excelência Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da República de Moçambique, na participação virtual na IIª Cimeira de Ciência, Tecnologia e Inovação da OIC, realizada quarta-feira dia 16 de Junho do ano corrente.  

Trata-se de um evento que acontece num contexto em que o mundo procura soluções científicas e tecnológicas para prevenção e mitigação dos efeitos da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), o que reforça o nosso reconhecimento como Governo sobre o papel e potencial da Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) nesta luta em particular e, para impulsionar o desenvolvimento sustentável dos nossos Estados e dos nossos povos.

Na ocasião, o Ministro Nivagara transmitiu as saudações de Sua Excelência Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da República de Moçambique, bem como do Povo Moçambicano à Sua Alteza Sheik Khalifa Bin Zayed Al-Nahyan, Presidente dos Emirados Árabes Unidos, que hospeda a IIª Cimeira de Ciência, Tecnologia e Inovação da OIC e os Delegados.

Na sua alocução, o governante enalteceu o apoio da OCI, através do Banco Islâmico para o Desenvolvimento (BID), na complementaridade dos esforços do Governo para a implementação de algumas iniciativas, tendo destacado o Mapeamento da Investigação e Inovação na República de Moçambique; treinamento de Mulheres Empreendedoras na área de Biotecnologia e Biociências; estabelecimento da Vila Sustentável de Molumbo; atribuição de Bolsas de Estudos para diversas áreas do saber; e promoção de diversos programas de capacitação.

Num outro desenvolvimento, o ministro referiu que em Moçambique, o desenvolvimento do Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação é coordenado e promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), baseado na Política de Ciência e Tecnologia (PCT) e, na Estratégia de Ciência, Tecnologia e Inovação de Moçambique (ECTIM), instrumentos em revisão, com o financiamento do Banco Islâmico para o Desenvolvimento (BID) e apoio técnico da UNESCO, uma acção crucial para a governação da Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI).

“Aliás, a nossa expectativa é consolidar a cooperação com os países membros da OCI, através de iniciativas conjuntas que concorrem para a implementação efectiva da Agenda 2026 de Ciência, Tecnologia e Inovação da OCI, com particular destaque para a implementação de iniciativas  como pesquisas conjuntas e mobilidade de pesquisadores entre os países membros da OCI; troca de experiência em matérias de governação da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior; políticas de promoção da Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (CTEM), com enfoque para programas como iniciação científica,  Bolsas de estudos para os níveis de pós-graduação em áreas prioritárias do governo, incluindo Petróleo e Gás; entre outras”, salientou.