MCTES Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

85

Tete — Pesquisadores desafiados a apostar em linhas de pesquisa que promovam o desenvolvimento

O Director do Serviço Provincial dos Combatentes, Marcelino Sefane, desafia os pesquisadores a apostar em linhas de pesquisa que promovam o desenvolvimento e crescimento da província de Tete. O desafio foi lançado recentemente, durante a cerimónia de abertura das Jornadas Cientificas Tecnológicas da Província, realizadas no Auditório da UniZambeze, sob o lema “Conhecimento Científico e […]

O Director do Serviço Provincial dos Combatentes, Marcelino Sefane, desafia os pesquisadores a apostar em linhas de pesquisa que promovam o desenvolvimento e crescimento da província de Tete.

O desafio foi lançado recentemente, durante a cerimónia de abertura das Jornadas Cientificas Tecnológicas da Província, realizadas no Auditório da UniZambeze, sob o lema “Conhecimento Científico e Inovação na Era Digital, impulsionando o Desenvolvimento Sustentável”, no âmbito da comemoração do Dia Internacional da Ciência.

Sefane, que representava a Secretária de Estado na Província de Tete, Elisa Zacarias, destacou que o evento constitui oportunidade para os pesquisadores, docentes, estudantes, instituições de base tecnológica, de investigação e de ensino, partilhar e divulgar conhecimentos científicos produzidos pelas instituições de investigação e ensino, bem como soluções práticas aos problemas locais das comunidades.

“As jornadas científicas constituem actividades contínuas, onde as instituições de ensino e pesquisa encontram espaço de promoção e divulgação de produção técnico-científico, para o desenvolvimento de ciência, tecnologia e inovação”, salientou Sefane.

Foram convidados para o evento instituições de pesquisa, de base tecnológica e de ensino, docentes estudantes, sociedade civil e outros órgãos, onde traziam para debates temas de várias áreas de conhecimento de científicos do interesse como proposta de solução de vários problemas das áreas de saúde, agricultura e pesca, mineração e energia.