Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Programa um computador
por estudante do Ensino Superior

18

Visando melhorar a prestação de serviço ao público, MCTES capacita funcionários em Ética e Deontologia Profissional na Administração Pública

Num esforço contínuo para aprimorar a qualidade dos serviços públicos, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) concluiu com sucesso um programa de capacitação em Ética e Deontologia Profissional para 30 funcionários. 

A iniciativa, liderada pela Secretária Permanente do Ministério, visa aperfeiçoar as habilidades e conhecimentos dos servidores públicos em temas essenciais relacionados à ética administrativa.

A capacitação abordou uma ampla gama de tópicos relevantes, incluindo Relações Humanas e Ética Profissional, Fundamentos Legais da Ética Administrativa, Prevenção e Combate à Corrupção e Crimes Conexos, bem como o papel crítico dos Funcionários e Agentes do Estado na promoção da integridade. Além disso, a formação contemplou Relações Interpessoais e Ética, juntamente com Técnicas de Atendimento ao Público baseadas em boas práticas.

Nilsa Miquidade, Secretária Permanente do MCTES, enfatizou a importância dessa capacitação como o primeiro passo em um programa contínuo de formação destinado aos funcionários do Ministério. A dirigente ressaltou a necessidade de adquirir conhecimentos teóricos e analíticos, incorporando valores éticos e deontológicos nas práticas profissionais diárias.

Durante a intervenção, Miquidade salientou que a capacitação possibilita aos participantes (a) adquirir as ferramentas necessárias para enfrentar desafios organizacionais, (b) compreender as reformas em andamento na Administração Pública e (c) melhorar a qualidade dos serviços prestados aos cidadãos. Outrossim, a dirigente manifestou confiança na  melhoria dos resultados esperados com base nas novas competências adquiridas.

A capacitação em Ética e Deontologia Profissional na Administração Pública reflecte o compromisso do MCTES em aprimorar o desempenho e a integridade dos servidores públicos, contribuindo assim para um ambiente mais transparente e eficiente na prestação de serviços ao público. Com essa formação, os funcionários estarão mais preparados para enfrentar os desafios contemporâneos e contribuir positivamente para o crescimento pessoal e institucional.